Eu voltei, mas não sei se é pra ficar

1e35c130516cae106af02d0967508b32
(uma imagem legal, aleatória e completamente desconexa só pra ilustrar)

Olá pessoas, tudo bem com vocês? Eu devia estar estudando, mas comecei a pensar “pô e meu blog hein, que saudades de escrever nele”, então abri ele pra dar uma olhada e saudade aumentou.

Eu lembro que eu parei de escrever nele desde começou uma loucura sobre universidade. Checar lista de chamada, fazer matrícula, procurar lugar pra morar, fazer a mudança, me acostumar a morar sozinha, me acostumar com uma cidade nova… E no meio disso eu comecei a ter vergonha de ter um blog, e mal comentei com meus novos amigos sobre a existência dele. Alguns com quem eu falei, nem devem lembrar. Outros tem zero noção de que eu tenho/tive um blog. Sim, eu fiquei com vergonha de ser uma blogueirinha wannabe sem nenhuma fama e sem nenhum jeito, então larguei o blog pra lá. Eu também comecei a ficar sem tempo de pensar em “looks do dia” e com vergonha de ficar alugando meus novos amigos pra tirar várias fotos pra eu poder postar. E também, eu só estava saindo à noite, e todo mundo sabe como a qualidade de uma foto sem uma boa iluminação fica baixíssima. Ainda mas pra mim que sempre usou o celular pra fazer as fotos do blog. No início do ano eu nem saía de dia, pois não almoçava ainda no R.U., e eu também quebrei meu celular e isso dificultou muita coisa. Dentre elas, fazer amigos.

Eu não passava o dia com eles, só os via a noite na aula e nos finais de semana me sentia excluída porque ninguém me chamava pra sair. Chorei vários sábados e ligava pra minha mãe triste e ela sempre falava “Angela, procure você por eles. Você não demonstra interesse, você acha que eles vão querer te ter por perto?”. Eu sempre fui orgulhosa demais pra correr atrás de estranhos, mas dessa vez eu tive que ceder. E ainda bem que eu o fiz. Hoje tenho um grupo maravilhoso com pessoas que eu amo muito. Alguns a gente perde, por diversos motivos, e à medida que vai passando o tempo, sempre vai agregando mais um.

Aconteceu tanta coisa esse ano. Assim como na vida de todo mundo, coisas boas e ruins. Coisas que eu não lembro, coisas que eu queria não lembrar. 2016 não foi o melhor ano (pra ninguém), mas, pra mim, foi um ano importante. Um marco sabe? Eu finalmente entrei na universidade, to fazendo um curso que eu to amando muito (História, pra quem não sabe), fiz tanta coisa que eu não imaginava fazer, fiz muita coisa que a tempos eu queria fazer. E o melhor foi que eu finalmente pude ser eu. Apesar de que eu só posso ser eu aqui em Viçosa. Quando eu volto pra Timóteo, eu tenho que ser quem a minha mãe quer. E ela me conhece bem, sabe como eu sou, mas em casa a gente tem que “manter uma imagem”.

Eu não sei se eu vou voltar com o blog, quem sabe?! As férias estão aí (assim ne, tem mais uma ou duas semanas de “aula”, mas tamo aí), eu sei que eu vou morrer de tédio em Timas City, onde as bebidas são caras, as pessoas te julgam e são chatas, todos tem que fingir ser quem não são por algum “status” e como eu não faço parte da galerinha “pop”, minha cina vai ser ficar em casa encarando o teto do meu quarto enquanto eu derreto no verão de 40ºC daquele lugar.

A gente se vê por aí 😉

Anúncios

2 comentários sobre “Eu voltei, mas não sei se é pra ficar

  1. Aaah, Angela, gostei muito de ler o que escreveu. Não precisa ter vergonha nenhuma por dizer que tem um blog, acho que é uma maneira tão legal das pessoas se expressarem . Bom, talvez seja eu que goste de conhecer um pouco mais da vida das pessoas desse jeito: lendo. Pro comentário não ficar estranho, só esclarecer que sou o Ygor da sua turma de História, o que você carinhosamente abraçou antes de irmos pra Gina quando estávamos esperando as vans. E não se assuste pela maneira como me expresso aqui, é que quando mais jovem passei certos anos publicando num blog de um jogo que jogava na época e adoro este ambiente, me é aconchegante. (Na verdade eu me comunico melhor em qualquer outro meio, só pessoalmente é que a banda toca diferente.)

    Me identifiquei com muita coisa que escreveu, tipo, muita coisa mesmo.

    Queria aproveitar a oportunidade pra dizer que, apesar de nunca ter conversado direito contigo, te acho super legal e espero que eu seja agregado ao seu grupo de amigos também. Aliás, pretendo me enturmar mais com várias pessoas daquela turma, acho eles tão legais e interessantes e ainda assim não tenho a coragem de falar qualquer coisa. É que eu sou assim mesmo.

    Bom, acho que nos veremos na segunda. Desejo muita disposição pra gente terminar esse período logo e paciência nas férias, já que teremos que guardar nossas personas de Viçosa até o próximo período. Ou não.

    Curtido por 1 pessoa

    1. aaaaaaaaaaaaaaaa ygor ❤ ❤ faz isso sim! vamo se abraça, vamo ser amigos ❤
      na moral, seu comentário, eu não sei nem o que dizer direito! ❤
      se depender de mim, a gente se vê no próximo período sim! hahahaha

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s